Anuidades
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Dia do Trabalhador (1º de Maio) - Todo trabalho é essencial

Dia do Trabalhador (1º de Maio) - Todo trabalho é essencial

Para o bom desenvolvimento de uma sociedade, a divisão de trabalho tem uma importância muito grande, pois é ela que sustenta todo o seu sistema, que produz tudo o que consumimos e precisamos.

A base da nossa sociedade é dividida em profissões consideradas mais “prestigiadas” e menos “prestigiadas”, sendo que estas últimas, por mais que sejam consideradas “inferiores”, dão a base para o resto da sociedade e para a maioria das profissões mais “prestigiadas” se manterem de pé. Portanto, entende-se que todo trabalhador é de essencial importância para o bom funcionamento de uma população.

Todo e qualquer trabalhador que exerça profissão regulamentada ou não, tem o seu valor e contribui de alguma forma para o desenvolvimento da sociedade. Em nosso país somente 3 em cada 100 profissões é regulamentada, o que, não diminui a importância das que não possuem lei específica já que aí se encontra a maior parte da população trabalhadora brasileira.

Em reconhecimento ao esforço destes trabalhadores, no dia 1º de maio os trabalhadores descansam (e também realizam manifestações) na América do Sul e no México, em quase toda a Europa Ocidental, na Rússia, na Índia, na China e na maior parte dos países da África. A data foi escolhida em homenagem ao esforço dos trabalhadores dos Estados Unidos, que, num sábado, 1º de maio de 1886, foram às ruas das maiores cidades do país para pedir a redução da carga horária máxima de trabalho por dia.

A luta dos manifestantes foi bem-sucedida: na virada do século 20, boa parte dos trabalhadores do país já seguia o ritmo de 8 horas diárias – antes, era comum os americanos ficarem nos empregos nada menos do que 100 horas por semana, o equivalente a aproximadamente 16 horas para cada um dos seis dias de ocupação.

A luta dos americanos foi reconhecida rapidamente na Europa, onde já em 1890 o Primeiro de Maio começou a ser marcado por cerimônias e manifestações. Desde então, a data foi se difundindo por todo o mundo. Hoje é celebrada em mais de 80 países – no Brasil, o Dia do Trabalhador é celebrado desde 1925. Curiosamente, nos próprios Estados Unidos, a data é celebrada em uma ocasião diferente, a primeira segunda-feira de setembro.

Parabenizamos os trabalhadores optometristas e os ópticos por seu empenho e dedicação com a saúde visual da população brasileira. Profissionais competentes e comprometidos que transpõe difíceis obstáculos para exercer a profissão que lhes custou anos de estudo.

 

O CBOO agradece à todos os optometristas e os ópticos
aos serviços prestados em prol do bem comum.

Deixe um comentário