Anuidades
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Maio Amarelo - Atenção pela Vida

Maio Amarelo - Atenção pela Vida

A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

São três mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas, sendo este a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano ou um percentual entre 1% e 3% do PIB (Produto Interno Bruto) de cada país.

A  estimativa da OMS era de que 1,9 milhão de pessoas morressem no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” era poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020.

POR QUE MAIO?

Em 11 de maio de 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações que o mundo inteiro realiza.

POR QUE AMARELO?

O amarelo simboliza atenção e também a sinalização e advertência no trânsito.

 
A OPTOMETRIA E A SEGURANÇA NO TRÂNSITO

Aproximadamente 85% dos acidentes de trânsito ocorrem por falha humana e, considerando que a visão é o principal sentido empregado nessa atividade, realizaram-se pesquisas em diversos países que apresentaram as más condições visuais dos motoristas como possível causa destes acidentes.

Para que a direção seja segura, é necessário mais do que “ver bem”. É indispensável que o motorista além de apresentar a acuidade visual mínima exigida pela legislação vigente apresente condições de binocularidade, acomodação e  movimentos oculares normais para que possa conduzir o seu veículo com segurança. Estas habilidades visuais são fundamentais para que o condutor de veículos possa responder de maneira ativa e rápida as demandas que surgem durante esta atividade, como, por exemplo, um pedestre que atravessa a rua, uma freada brusca do veículo que está à frente, uma curva não sinalizada, etc.

Conheça as atribuições de um profissional optometrista no vídeo abaixo:

Você que dirige por profissão, hobbie ou necessidade, converse com o profissional Optometrista na sua próxima consulta para saber mais sobre a importância da visão na condução de veículos.

Saiba mais acessando Maio Amarelo.

Deixe um comentário