Anuidades
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Moscas Volantes? O que são?

Moscas Volantes? O que são?

 

As chamadas moscas volantes são pequenas frações do Humor Vítreo condensadas (grumos), formadas quando esse gel do globo ocular se solta da retina, o que é um processo natural que ocorre quando envelhecemos. A impressão que causam é a de que estão do lado de fora, quando, na realidade, estão flutuando dentro da cavidade ocular. Esses pontos pretos na visão deslocam-se de acordo com os movimentos oculares, no entanto, não os acompanham com exatidão, parecendo escapar quando a pessoa tenta olhar diretamente para eles.

Esse constante movimento produz imagens que se assemelham ao formato de insetos, teias de aranha, linhas ou nuvens (daí a causa de receberem o nome de moscas volantes). O que percebemos no campo visual são as sombras dos grumos exibidas sobre a retina. É importante esclarecer que, na maior parte das vezes, essas manchas não interferem no que enxergamos. Entretanto, ao passarem pela linha de visão, essas partículas podem efetuar um bloqueio da luz, gerando sombras na retina.

Essas alterações visuais costumam ser mais diretamente percebidas em ambientes com alta claridade ou iluminação (luz natural ou artificial) como, por exemplo, céu claro com sol forte, tela de computadores ou celulares, etc. Existem alguns indivíduos mais inclinados a possuírem problemas como esse. Como já dito, o fenômeno está diretamente relacionado com o envelhecimento do corpo, isto é, conforme o avanço da idade.

Dessa maneira, o grupo que apresenta maior propensão ao desenvolvimento de moscas volantes é o de pessoas com mais de 50 anos. O número cresce ainda mais em idosos que possuem idade em torno de 80 anos. Apesar disso, o problema também pode ocorrer em pessoas mais jovens, sobretudo àquelas que têm miopia. Pacientes que, em algum momento, foram submetidos à cirurgia de catarata, retina ou que tiveram doenças como a uveíte (inflamação da úvea, que é a parte do olho que abarca a íris, o corpo ciliar e a coroide) também costumam relatar o aparecimento desse tipo de manchas na visão.

Quando o processo está restrito ao vítreo, apesar de desconfortável, ele não oferece perigo imediato à saúde dos olhos. Costumamos também, em geral, aprender a conviver com as suas manifestações. Como falado anteriormente, essa condição não costuma ser grave, mas pode vir a ser.

Quer saber mais sobre o assunto? Converse com o seu optometrista

 

Deixe um comentário