Anuidades
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Optometrista é nomeado para integrar estudo da Organização Mundial da Saúde

Optometrista é nomeado para integrar estudo da Organização Mundial da Saúde

Um optometrista foi nomeado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para integrar o Programa de Visão da organização. Prioridade da OMS, o trabalho desse grupo estará alinhado com as recomendações do Relatório Mundial da Visão (2019) que visa a facilitar e promover os cuidados da saúde visual. O objetivo é aprovar um pacote de recomendações para corrigir erros refrativos e analisar os recursos necessários para a sua implementação.

Problemas refrativos, como miopia e astigmatismo, são apontados no mundo todo como a causa principal de deficiência visual e cegueira evitável. Identificados precocemente, problemas graves podem ser evitados e corrigidos com o uso de óculos, lentes de contato ou com imediato encaminhamento para o atendimento médico especializado.

Natural de Portugal, Raúl de Sousa é Optometrista e Presidente da Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) de Portugal. Ao contrário do Brasil, em países como os da Europa, por exemplo, optometristas e oftalmologistas atuam juntos, sendo os optometristas responsáveis pelo atendimento primário.

Ao mesmo tempo em que a OMS, um dos mais importantes organismos internacionais, nomeia um optometrista para um grupo de estudo de tamanha relevância, no Brasil os optometristas, que possuem capacitação em nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação, sofrem pressão e, em muitos casos, são impedidos de trabalhar devido o forte lobby dos médicos, principalmente os oftalmologistas.

"Os optometristas do Brasil ficam muito felizes por um colega de uma nação irmã ser nomeado para estudos tão importantes da Organização Mundial da Saúde. Isso prova que nossa categoria tem muito a contribuir na atenção primária", destaca a presidente do CBOO, Eriolanda Bretas.

Atualmente, existem 5 mil optometristas registrados no Brasil com formação de nível superior e que trabalham na atenção primária da saúde visual das pessoas, evitando, em muitos casos, doenças graves e cirurgias.

Deixe um comentário